Contatos

(.11) 2983-8003

(11) 96752-3225

Rua Major Dantas Cortez, 102 - São Paulo, SP 0266-000

©  2019 por Cirúrgica Tucuruvi Ltda

Formas de Pagamento

Câncer de Pele e a exposição solar

Existe uma relação comprovada entre exposição solar e câncer da pele. Proteja-se e desfrute do sol em segurança.


De acordo com inúmeros estudos, o aumento do número de novos casos de câncer da pele está relacionado com a maior exposição às radiações solares ultravioleta. As radiações ultravioleta (UV) são responsáveis por muitas doenças, do câncer da pele às cataratas, passando pela diminuição das defesas do organismo.



A diminuição da camada de ozônio, responsável pela “filtragem” das radiações UV, faz com que o risco associado à exposição solar seja maior. As crianças estão entre os grupos mais suscetíveis aos efeitos nocivos destas radiações uma vez que a espessura da pele é menor e o seu sistema imunitário, responsável pela defesa do organismo, ainda não está completamente funcional.


A uma maior exposição solar na infância corresponde um maior risco de melanoma na idade adulta. Daí a importância de prevenir a exposição solar excessiva nas crianças. 

Para prevenir o câncer de pele, deve:  
 

  • Evitar a exposição solar entre as 11 e as 16 horas;

  • Nas horas de maior calor, procurar as sombras e os locais frescos;

  • Usar um protetor solar adequado ao seu tipo de pele;

  • Proteger as crianças com roupa clara, chapéu e protetor solar adequado.


Note-se que a exposição ao Sol no campo ou na praia é um aspecto fundamental do lazer e, quando adequada é fonte de saúde: é a partir da exposição solar que o nosso organismo produz a vitamina D, fundamental ao crescimento ósseo.

 

Fonte:
Direção-Geral da Saúde

 

Leia mais sobre: